Evangelho no Lar  e  Água Fluidificada

Evangelho no Lar e no Coração 

“Quando o Evangelho penetra o lar, o coração abre mais facilmente a porta ao Mestre Divino.”

                                                                      Emmanuel

          A importância do lar na educação moral

       

        É no lar que os Espíritos se reencontram,  sob o mesmo teto, na condição de pais, filhos e irmãos; nesse ambiente, são oferecidas as oportunidades de novo aprendizado moral, possibilitando aos reencarnados exercitarem no campo afetivo, a fraternidade, a solidariedade, enfim, os sentimentos derivados do amor. Assim, a função educadora e regeneradora da família é extremamente delicada e importante, quando se atribui à reencarnação a oportunidade de ascensão na  escala evolutiva, através de novas experiências, no campo intelectual e moral. Coerente com essa visão, afirma Emmanuel: “A melhor escola, ainda é o lar, onde a criatura deve receber as bases do sentimento  e do caráter.”

 

         Os espíritas, em particular,  precisam compreender a necessidade do culto do Evangelho no Lar. Pelo menos, semanalmente, é aconselhável se reúna com os familiares ou com alguns parentes capazes de entender a importância da iniciativa, em torno da Doutrina Espírita, à Luz do Evangelho do Cristo e, sob a cobertura moral da oração.

                    Como fazer o Evangelho no Lar?

Escolha, na semana, um dia e horário em que a família possa se reunir durante mais ou menos trinta minutos.

• Crianças também podem fazer parte da reunião.

 

• Pode ocorrer a presença de visitantes ocasionais e, neste caso, podem ser convidados a participar;

 

• Há a possibilidade da reunião ser realizada por uma só pessoa – o roteiro a ser seguido é o mesmo.

                      ROTEIRO  PARA  A  REUNIÃO

• Escolher pelo menos um dia da semana e horário, para reunião com os familiares. A pontualidade e a assiduidade são importantes.


• Providenciar uma jarra de água para fluidificação.


• Fazer uma prece simples e espontânea para abertura da reunião.


• Ler um trecho do livro O Evangelho segundo o Espiritismo. Esta leitura poderá ser feita de forma seqüencial, iniciando-se pelo capitulo I, não sendo necessário a leitura do capítulo completo numa mesma reunião.


• Podem ser feitos comentários sobre os temas lidos. Devem ser breves com participação de todos.


• Evitar comentários em desdouro às religiões ou pessoas e não manter conversação menos edificante.


• Prece de encerramento, rogando a Jesus a proteção do lar.


• Servir a água fluidificada aos presentes.


• Tempo de duração: aproximadamente 30 minutos.


• Embora a assistência do plano espiritual seja indispensável, é desaconselhável qualquer manifestação mediúnica antes, durante e depois da reunião.


• Não suspender a prática do Evangelho no lar em virtude de visitas, passeios adiáveis ou acontecimentos fúteis, assim como não suspendemos refeições básicas.


• Quanto às crianças, os pais devem permitir e incentivar os filhos a participarem da reunião para que eles possam iniciar com segurança a nova experiência física, colaborando nas preces, comentários e fazendo perguntas.

 

                                                  A Água Fluidificada

 

                                    Apesar de sua neutralidade, a água, possui um elevado potencial de absorção de energias e                                        fluidos magnéticos. Com isso, esta água que recebe o nome de “água fluidificada” é                                                          transformada em elemento terapêutico, que ao ser inserida, transmite ao organismo recursos                                        benéficos que permite o reequilíbrio: físico, energético e espiritual.

 

                                   Allan Kardec, no livro A Gênese, apresenta a seguinte passagem:

                                    “As mais insignificantes substâncias, como a água, por exemplo, podem adquirir qualidades                                         poderosas e efetivas, sob a ação do fluido espiritual ou magnético, ao qual elas servem de veículo, ou, se quiserem, de reservatório.”

A fluidificação é realizada pelos nossos amigos desencarnados do plano espiritual, que irão transmitir sua energia de luz magnetizando a água.

Porém, ela pode ser magnetizada também pelos fluidos dos homens encarnados, assim como ocorre nos passes, é preciso que o indivíduo realize preces para direcionar os fluidos para os recipientes em que está a água.

Esta água que é muito utilizada em tratamentos espirituais ou de doenças corporais devido aos fluidos medicamentosos pode agir diretamente nas células do organismo, diminuindo assim, o processo de oxidação, além de auxiliar na produção das células de defesa e ajudar no transporte de nutrientes.

E ainda, a água fluidificada possui três tipos, são eles:

  • Fluidificação magnética: Diz respeito àquela em que os fluidos medicamentosos são adicionados na água por ação da pessoa encarnada que coloca suas mãos sobre o recipiente e projeto seus próprios fluidos;

  • Fluidificação espiritual: Os espíritos aplicam os fluidos diretamente sobre os recipientes;

  • Fluidificação mista: é a mistura dos fluidos do encarnado junto com os que são trazidos pelos espíritos.

Você pode levar sua garrafa de água ao GEEDEM para ser fluidificada. Lembrando de colocar uma etiqueta com seu nome completo.  

GEEDEM: Rua Vera Cruz nº 386 - Jardim Hollywood - São Bernardo do Campo - S.P.

Tel: (11) 4177-4233  / (11) 99319-6565 

  • Facebook App Icon
  • Instagram

@familiageedem

Visitas no site:

Dúvidas/ Sugestões: contato@geedem.org.br

Suporte: adm@geedem.org.br